No seguimento do contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) realizado hoje no Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), destaca-se para os próximos dias a existência de um cenário desfavorável em termos de incêndios florestais:

  • Temperaturas máximas que poderão atingir valores entre os 28 a 30ºC na generalidade do território,situação que poderá manter-se nos próximos 3 dias;
  • Humidade relativa entre 20 a 30% na generalidade do território, não se prevendo que exista recuperação noturna;
  • Para amanhã, 20ABR17, vento do quadrante leste nas regiões Norte e Centro. Nas terras altas poderão ocorrer rajadas até 70 km/h, situação que poderá estender-se até dia 22 de Abril, data a partir da qual se prevê um desagravamento do vento;

Assim sendo foi determinada, passagem ao Estado de Alerta Especial (EAE), do SIOPS para o DECIF (Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais) a partir das 09h00 de dia 20 de Abril até às 23h59 de dia 21 de Abril, devido ao perigo de incêndio florestal.