Dia Municipal Bombeiro 2014

0
682
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Os nomes de Ana Rita Pereira e Bernardo Figueiredo, dois dos bombeiros traídos pelo fogo na Serra do Caramulo, em 2013, estão perpetuados na toponímia cascalense, em ruas das freguesias de Alcabideche e Cascais-Estoril.

O concelho de Cascais uniu-se, assim, a 19 de outubro, por ocasião das comemorações do Dia Municipal do Bombeiros, na homenagem a estes dois jovens falecidos, nos trágicos incêndios do verão do ano passado, numa cerimónia que reuniu entidades oficiais, os familiares da vítimas e muitos bombeiros.

Assinalado anualmente, o Dia Municipal do Bombeiro constitui um tributo às centenas de homens e mulheres que integram as cinco corporações do concelho, num reconhecimento público do trabalho dos soldados da paz, “sempre disponíveis para apoiar as populações em situações adversas, sempre em prol da segurança e do seu bem-estar comuns”, conforme fez questão de sublinhar, Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais.

Este ano, associou-se à autarquia nesta organização a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Alcabideche, que recebeu no seu território a sessão solene, bem como os desfiles apeado e motorizado, que encerram a efeméride que o concelho de Cascais assinala há 16 anos.

Durante a sessão, presidida pelo secretário de Estado da Administração Interna, João de Almeida, para além da valorização de cada um dos homens e mulheres que servem dos quartéis do concelho, destaque para homenagem a Maria Luís de Mello Champalimaud distinguida com a Medalha de Serviços Distintos, Grau Ouro da Liga dos Bombeiros Portugueses, por proposta do Secretariado das Associações de Bombeiros do Concelho de Cascais, que desta forma simbólica agradeceu a doação de 50 mil euros aos bombeiros, verba que permite adquirir cerca de 250 equipamentos de proteção individual para combate aos incêndios florestais para os cinco corpos de bombeiros do concelho.

A importância deste abnegado gesto, foi sublinhada por Rui Rama da Silva, vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, que o considerou “porventura, a nível nacional, o contributo pessoal mais significativo dado este ano para a aquisição daquele tipo de equipamentos”.

A Câmara de Cascais é, não raras vezes, referenciada como um exemplo a nível nacional, nomeadamente pelos protocolos de cooperação firmados e mantidos, há vários anos, com as associações e corpos de bombeiros do município.

Esta bem-sucedida que se traduz na qualidade do socorro prestado às populações permitiu, ainda recentemente, a entrega aos operacionais de 200 pares de botas certificadas para combate a incêndios florestais

Também este exemplo foi sublinhado pelo secretário de Estado da Administração Interna, que salientando o trabalho da autarquia, fez uma vez mais questão de lembrar o exemplo deixado pelo Bernardo e a Ana Rita, mas também as responsabilidades da tutela, das autarquias e das populações na adoção de medidas que evitem mais tragédias.

Emoção mas também garbo, brio e orgulho marcaram as estas comemorações que terminaram com os desfiles apeado e motorizado, que permitam dar a conhecer os rostos, mas também os meios que garantem o socorro e bem-estar da comunidade dentro e fora dos limites deste território.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.